Pensée

Falar de amor... é deixar o amor falar.

Textos


Gift retirado da Internet


PINGOS DE SAUDADE
 
Eu sou a chuva noturna
Molhada de saudade.
 
Rego a terra do meu corpo, avidamente
Buscando o ardor do teu...
E, devagarinho
Vou pingando amor...
Molhando o chão da tua carne.


Lucibei@poems
Lúcia Ribeiro
In “SENSUALidade 2”
 

 
 

Lucibei
Enviado por Lucibei em 25/12/2007
Alterado em 15/10/2019
Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras